Soneto | Gregório de Matos

Soneto | Gregório de Matos 

Soneto | Gregório de MatosTítulo: Soneto
Autor: Gregório de Matos
Gênero: Poesia
Categoria: Literatura Brasileira
Arquivo: PDF
Tamanho: 37 KB

Baixar (Download)

Carregado de mim ando no mundo,
E o grande peso embarga-me as passadas,
Que como ando por vias desusadas,
Faço o peso crescer, e vou-me ao fundo.

O remédio será seguir o imundo
Caminho, onde dos mais vejo as pisadas,
Que as bestas andam juntas mais ousadas,
Do que anda só o engenho mais profundo.

Não é fácil viver entre os insanos,
Erra, quem presumir que sabe tudo,
Se o atalho não soube dos seus danos.

O prudente varão há de ser mudo,
Que é melhor neste mundo, mar de enganos,
Ser louco c'os demais, que só, sisudo.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org

A Confissão | Guy De Maupassant

A Confissão | Guy De Maupassant

A Confissão | Guy De MaupassantTítulo: A Confissão
Autor: Guy de Maupassant
Gênero: Romance
Categoria: Literatura Francesa
Arquivo: PDF
Tamanho: 18 Kb

Baixar (Download)

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org

Um Bravo, O Visconde de Signoles | Guy De Maupassant

Um Bravo, O Visconde de Signoles | Guy De Maupassant 

Um Bravo, O Visconde de Signoles | Guy De Maupassant Título: Um Bravo, O Visconde de Signoles
Autor: Guy de Maupassant
Gênero: Romance
Categoria: Literatura Francesa
Arquivo: PDF
Tamanho: Kb

Baixar (Download)

Conto de Natal | Guy De Maupassant

Conto de Natal | Guy De Maupassant 

Conto de Natal | Guy De MaupassantTítulo: Conto de Natal
Autor: Guy de Maupassant
Gênero: Contos
Categoria: Literatura Francesa
Arquivo: PDF
Tamanho: 84 Kb

Baixar (Download)  

www.megatimes.com.br

www.klimanaturali.org

O Achado | Guy De Maupassant

O Achado | Guy De Maupassant

O Achado | Guy De MaupassantTítulo: O Achado
Autor: Guy de Maupassant
Gênero: Poesia
Categoria: Literatura Francesa
Arquivo: PDF
Tamanho: 18 Kb

Baixar (Download)

Um Louco | Guy De Maupassant

Um Louco | Guy De Maupassant

Um Louco | Guy De MaupassantTítulo: Um Louco
Autor: Guy de Maupassant
Gênero: Poesia
Categoria: Literatura Francesa
Arquivo: PDF
Tamanho: 85 Kb

Baixar (Download)

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org

Os Sertões | Euclides da Cunha

Os Sertões | Euclides da Cunha

Os Sertões | Euclides da CunhaEste livro é dividido em três partes: A Terra, O Homem e A Luta. A Terra é uma descrição detalhada feita pelo cientista Euclides da Cunha, mostrando todas as características do lugar, o clima, as secas, a terra, enfim. O Homem é uma descrição feita pelo sociólogo e antropólogo Euclides da Cunha, que mostra o habitante do lugar, sua relação com o meio, sua gênese etnológica, seu comportamento, crença e costume; mas depois se fixa na figura de Antônio Conselheiro, o líder de Canudos. Apresenta se caráter, seu passado e relatos de como era a vida e os costumes de Canudos, como relatados por visitantes e habitantes capturados. Estas duas partes são essencialmente descritivas, pois na verdade "armam o palco" e "introduzem os personagens" para a verdadeira história, a Guerra de Canudos, relatada na terceira parte, A Luta. A Luta é uma descrição feita pelo jornalista e ser humano Euclides da Cunha, relatando as quatro expedições a Canudos, criando o retrato real só possível pela testemunha ocular da fome, da peste, da miséria, da violência e da insanidade da guerra. Retratando minuciosamente movimento de tropas, o autor constantemente se prende à individualidade das ações e mostra casos isolados marcantes que demonstram bem o absurdo de um massacre que começou por um motivo tolo - Antônio Conselheiro reclamando um estoque de madeira não entregue - escalou para um conflito onde havia paranoia nacional pois suspeitava-se que os "monarquistas" de Canudos, liderados pelo "famigerado e bárbaro Bom Jesus Conselheiro" tinham apoio externo. No final, foi apenas um massacre violento onde estavam todos errados e o lado mais fraco resistiu até o fim com seus derradeiros defensores - um velho, dois adultos e uma criança.

www.megatimes.com.br

www.klimanaturali.org

Sonetos | Luís de Camões

Sonetos | Luís de Camões

Sonetos | Luís de CamõesOs sonetos de Camões contém um grande lirismo, descrevem bem o ambiente, grande preocupação técnica e presença de elementos pagãos e católicos. Quanto ao lirismo, sua Dinamene é elevada as alturas em sua perfeição (o amor, assim como a mulher, é extremamente idealizado). A técnica dos sonetos é impressionante, são os 14 versos de todos os sonetos (2 quartetos, 2 tercetos) decassílabos, de rima abba-abba-cde-cde, algo que impressionaria o mais parnasiano dos poetas. Quanto aos elementos pagãos, mais presentes que os católicos, deve-se apontar que é muito comum o autor citar os deuses e deusas romanos, com suas qualidades. Infelizmente é difícil se ter certeza de que ele escreveu todos os sonetos que a ele são atribuídos. Muitos ainda tem a autoria contestada.

www.megatimes.com.br

www.klimanaturali.org