Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Brasil. Mostrar todas as postagens

Biomas do Brasil

Corredores Ecológicos do Brasil

Ecorregiões Aquáticas Brasileiras

Ecorregiões Aquáticas Brasileiras

Hidrovias do Brasil

Religiões do Brasil

Religiões do Brasil

Religiões do Brasil
O aumento da diversidade religiosa tem sido marcante no Brasil. A proporção de católicos no total da população cai e aumenta o número de evangélicos. Cresce também o número de pessoas que afirmam não seguir nenhuma religião. Juntos, católicos, evangélicos e os sem religião totalizam mais de 95% da população, segundo o último censo, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2000. O restante está dividido entre espíritas, praticantes de cultos afro-brasileiros, judeus e seguidores de doutrinas orientais e demais religiões. Apesar das mudanças, não há profundas alterações no perfil religioso do país. O Brasil continua sendo a mais populosa nação católica do planeta, com 124,9 milhões de fiéis – 73,8% da população. Em números absolutos, os evangélicos, que totalizavam 13,1 milhões no Censo de 1991, passam a ser 26,1 milhões de fiéis em 2000. Estudiosos apontam várias razões para a perda de espaço do catolicismo. As principais são a liberdade de escolha e o aumento da diversidade de religiões. Como o catolicismo tem tradicionalmente grande penetração nas áreas rurais, ele tende a perder adeptos quando avança o processo de urbanização, já que nas cidades é maior o contato com grupos religiosos variados. Além disso, os evangélicos demonstram uma postura bastante determinada em conquistar novos fiéis. Outro motivo para o declínio do catolicismo é o fato de muitos católicos se mostrarem descontentes com a estrutura altamente hierarquizada da Igreja. O movimento da Renovação Carismática Católica, que tem no Padre Marcelo Rossi seu expoente mais conhecido, é uma tentativa de a Igreja Católica se reaproximar de seus seguidores.

O número de adesões a mais de uma denominação religiosa e a novas crenças também aumenta. Para uma única pergunta, "Qual é sua religião?", o IBGE recebeu cerca de 35 mil tipos de resposta e mais de mil novas denominações foram citadas. Outra característica da população brasileira é o alto índice de cristãos que participam de cultos de outra religião. A mistura de credos no Brasil é mostrada na pesquisa Desafios do Catolicismo na Cidade, realizada pelo Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais (Ceris) em seis cidades – Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Salvador, Belo Horizonte e Porto Alegre –, divulgada em 2002. Segundo o estudo, 22,5% dos católicos afirmam freqüentar cultos de outras religiões, 35,8% acreditam em reencarnação, um dos conceitos básicos do espiritismo, e 15% têm fé nos orixás, dos cultos afro-brasileiros. Por outro lado, há 80% de não-católicos que crêem em Jesus Cristo. A edição de 2001 da World Christian Encyclopedia, publicação da universidade americana de Oxford, também indica um alto índice de pessoas que se declaram adeptas de duas religiões no Brasil – 36,1% da população. A dupla filiação ajuda a explicar as divergências que existem entre os números de fiéis fornecidos pelas igrejas e pelas instituições religiosas e os do IBGE. Um exemplo de dupla filiação é o que envolve católicos e espíritas. De acordo com a Federação Espírita do Brasil, o número de adeptos passa de 20 milhões quando são contabilizados os católicos que freqüentam os cultos espíritas e as pessoas que vão esporadicamente aos centros. Em 2000, o IBGE, que não registra mais que uma religião por pessoa, aponta 1,6 milhão de espíritas. Outro motivo da discrepância entre os números do censo e os das instituições religiosas é o fato de muitas igrejas superestimarem os números de seus filiados.

Religião Total Área urbana Área rural
Católica Apostólica Romana 138.280.500
Ortodoxa 39.160
Evangélicos 32.184.941
Luteranos 1.062.145
Presbiteriana 981.064
Metodista 340.963
Batista 3.162.691
Adventista 1.209.842
Assembléia de Deus 11.418.140
Congregação Cristã no Brasil 3.489.113
Evangelho Quadrangular 1.318.805
Universal do Reino de Deus 2.101.887
Deus é Amor 774.830
Mórmons 199.645
Testemunhas de Jeová 1.104.886
Espírita 2.262.401
Umbanda 397.431
Candomblé 127.582
Judaísmo 86.825
Budismo 214.873
Igreja Messiânica 119.870
Sem religião 15.454.400

Total 184.582.154

www.klimanaturali.org

Mapas Geográficos do Brasil

Geografia Humana do Brasil

Geografia Humana do Brasil

GEOGRAFIA HUMANA DO BRASIL

A Geografia Humana é a ciência geográfica que tem como principal objeto de estudo o espaço, que é organizado e modificado por meio das relações homem-natureza. Portanto, os elementos humanos e físicos estão diretamente relacionados e se interagem no processo de organização espacial.

A Geografia Humana do Brasil tem por objetivo analisar as características da população brasileira, a diversidade étnica e cultural, os aspectos socioeconômicos, o quantitativo e a distribuição populacional, a divisão regional, entre outros temas relacionados. Para entendermos a atual estrutura da população brasileira, é importante uma abordagem histórica da ocupação do país e a formação da identidade nacional.

O Brasil é considerado um dos países de maior diversidade étnica do mundo, sua população apresenta características dos colonizadores europeus (brancos), dos negros (africanos) e dos indígenas (população nativa), além de elementos dos imigrantes asiáticos. A construção da identidade brasileira levou séculos para se formar, sendo fruto da miscigenação (interação entre diferentes etnias) entre os povos que aqui vivem.

Além de miscigenado, o Brasil é um país populoso. De acordo com dados do último Censo Demográfico, realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população total do país é de 190.755.799 habitantes. Essa quantidade faz do Brasil o quinto mais populoso do mundo, atrás da China, Índia, Estados Unidos da América (EUA) e Indonésia, respectivamente.

Apesar de populoso, o Brasil é um país pouco povoado, pois a densidade demográfica (população relativa) é de apenas 22,4 habitantes por quilômetro quadrado. Outro fato que merece ser destacado é a distribuição desigual da população no território nacional. Um exemplo desse processo é a comparação entre o contingente populacional do estado de São Paulo (41,2 milhões) com o da região Centro-Oeste (14 milhões).

O território brasileiro é dividido em cinco Regiões (Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul), que somadas apresentam 26 estados e 1 Distrito Federal. As Regiões brasileiras são estabelecidas pelo IBGE, cujo critério utilizado é agrupar em um mesmo complexo regional estados com semelhanças nos aspectos físicos, sociais, econômicos e culturais. Tal medida visa facilitar o desenvolvimento de políticas públicas no país.

www.klimanaturali.org
www.geografiatotal.com.br

Arquivo