Macbeth | William Shakespeare

Macbeth | William Shakespeare

Macbeth | William ShakespeareTítulo: Macbeth
Autor: William Shakespeare
Arquivo: PDF
TAmanho: 137 KB

Baixar (Download)
Sinopse:
Uma obra-prima do Bardo. Retrata um ambiente político da época de forma muito boa e é um grande ensaio sobre a ambição.

www.klimanaturali.org

Medida Por Medida | William Shakespeare

Medida Por Medida | William Shakespeare

Título: Medida por medida
Autor:
William Shakespeare
Arquivo:
PDF
Tamanho: 142 KB

Baixar (Download)

Personagens

VICÊNCIO, Duque.
ÂNGELO, governador durante a ausência do duque.
ESCALO, antigo conselheiro, colega de Ângelo no governo.
CLÁUDIO, jovem gentil-homem.
LÚCIO, tipo folgazão
Dois outros gentis-homens.
VÁRRIO, gentil-homem, servidor do duque.
PREBOSTE.
TOMÁS, monge.
PEDRO, monge.
Um juiz.
ELBOW, oficial de justiça simplório.
FROTH, gentil-homem tolo.
POMPEU, criado de mistress Overdone.
ABHORSON, carrasco.
BERNARDINO, prisioneiro dissoluto.
ISABELA, irmã de Cláudio.
MARIANA, noiva de Ângelo.
JULIETA, noiva de Cláudio.
FRANCISCA, freira.
MISTRESS OVERDONE, alcoviteira.
Senhores, oficiais, cidadãos, um pajem e gente de serviço.


www.klimanaturali.org

A Megera Domada | William Shakespeare

A Megera Domada | William Shakespeare

A Megera Domada | William ShakespeareTítulo: A Megera Domada
Autor: William Shakespeare
Arquivo: PDF
Tamanho: 140

Baixar (Download)

Personagens

UM NOBRECRISTÓVÃO SLY, caldeireiro,
Hoteleira, pajem, atores, caçadores e criados,
BATISTA, rico gentil-homem de Pádua.
VICÊNCIO, velho gentil-homem de Pisa.
LUCÊNCIO, filho de Vicêncio, apaixonado de Bianca.
PETRUCCHIO, gentil-homem de Verona, pretendente de Catarina.
GRÊMIO,
HORTÊNSIO,
TRÂNIO,
BIONDELLO,
GRÚMIO,
CURTIS,
Um professor, preparado para fazer o papel de Vicêncio.
CATARINA, a megera,
BIANCA,
VIÚVA,
Alfaiate, lojista e criados a serviço de Batista e de Petrucchio.


www.klimanaturali.org

Muito Barulho Por Nada | William Shakespeare

Muito Barulho Por Nada | William Shakespeare

Muito Barulho Por Nada | William ShakespeareTítulo: Muito Barulho por nada
Autor: william Shakespeare
Arquivo: PDF
Tamanho: 143

Baixar (Download)

Muito barulho por nada (Much Ado About Nothing, no original em inglês), é uma comédia, que tem como cenário a cidade de Messina (Sicília), de autoria de William Shakespeare, tendo sua primeira apresentação em 1598/1599. É considerado um dos textos mais hilariantes de Shakespeare.

A história é sobre um casal de namorados chamado Cláudio e Hero, que estão prestes a se casar em uma semana. Para passar o tempo antes de seu dia do casamento, eles conspiram com Don Pedro, o príncipe de Aragão, para enganar seus amigos, Beatriz e Benedito, para confessar seu amor um pelo outro. Don João, no entanto, com inveja de tanto poder de Don Pedro e seu afeto por Cláudio, planeja sabotar o casamento.
[editar] Personagens

* Don Pedro, príncipe de Aragão.
* Don João, irmão bastardo de Don Pedro.
* Cláudio, jovem fidalgo de Florença.
* Benedito, jovem fidalgo de Pádua.
* Balthasar, criado de Don Pedro.
* Borachio e Conrado, seguidores de Don João.
* Leonato, governador de Messina.
* Hero, filha de Leonato.
* Beatrice, sobrinha de Leonato.
* Antonio, irmão de Leonato
* Margaret e Ursula, criadas de quarto de Hero.
* Frei Francisco, um padre.
* Dogberry, condestável.
* Verges, funcionário.
* A Sexton, o juiz do julgamento de Borachio.
* The Watch, sentinelas de Messina.
* Atendentes, mensageiros, um escrivão e um pajem.

www.klimanaturali.org

Alder Gulch | Montana

Alder Gulch | Montana

Alder Gulch | Montana

Alder Gulch – (Inglês: Alder Gulch = precipício das árvores),  imenso precipício em Montana, atravessado pelo Alder Creek, no qual William Bill H. em Maio de 1863 com Robert Vaughn, T. Cover, H. Edgar, B. Hughes, Sweeney e Rodgers encontrava o mais rico veio de ouro de Montana. A primeira “peneirada” tinha o valor de 2,80 dólares, a segunda mais de 100 dólares. Dia após dia os homens tiravam ouro do Alder Creek, enchiam os sacos de couro e procuravam manter segredo.  Mas, 10 minutos após terem gasto as primeiras pepitas em Bannack, começava uma das maiores corridas ao ouro, uma verdadeira febre, jamais vista então na América. Surgia Virginia City no espaço de poucas horas e já em 28 de Maio de 1863 acontecia em Beaverhead Creek o primeiro encontro constitucional de garimpeiros de ouro, no qual eram fixadas as regras do negócio. Em 7 de Junho de 1863 eram fixado em 23 artigos, as leis e suas normas, que manteria a ordem comum aos exploradores do minério. No prazo de um ano a cidade do “Precipício das Árvores” tinha mais de 10.000 habitantes e mais de 10 milhões de dólares,  havia sido extraído daquela terra escura.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org

Abilene, Kansas | Estados Unidos da América

Abilene, Kansas | Estados Unidos da América

Abilene, Kansas | Estados Unidos da América

Abilene uma cidade e sede do condado de Dickinson, Kansas, Estados Unidos. Até o censo de 2020, a população da cidade era 6.950 habitantes. A Biblioteca e Museu Presidencial Dwight D. Eisenhower fica em Abilene.

História
Abilene é a capital do distrito de Dickinson County em Kansas, fundada na margem oeste do Mud Creek em 7 de Junho de 1861, por Charles H. Thompson. Eleita já em 5 de Agosto de 1862 como capital, era no entanto na Primavera de 1867 ainda um vilarejo, contendo uma dúzia de casas, feitas com troncos de árvores. Somente quando a linha ferroviária Kansas & Pacific chegou ao local no Verão de 1867 e o comerciante de gado Joseph G. McCoy, correndo o risco, construiu um restaurante para os criadores e os comerciantes do norte, um centro comercial e um de divertimento para os cowboys.

Abilene transformou-se naquela que os históricos, correspondentes e narradores  contemporâneos chamam de a primeira “Cidade de Bovinos” (Cattletown), a “Cidade do Pecado” (Sin City), a “Gomorra das  planícies” (Gomorrha of the Plains), a “Cidade dos seis tiros” (Sixshooter City). Quando no Outono de 1867 chegaram os primeiros grandes rebanhos de Longhorns do Texas nesta cidade, a organização de Joseph G. McCoy era perfeita. Estava previsto para os bovinos, currais de espera, vastas zonas de pastos e rampas para o embarque do gado. Os comerciantes e os criadores de gado encontraram a hospitalidade em Drover’s Cottage Hotel e os cowboys nas pousadas da Texas Street. Para eles tinham barbeiros, grandes armazéns, lojas de armas, saloons, casinos, locais de baile, quartos à hora e um “Quarteirão da luz vermelha”, fechado, com mais de 100 prostitutas; um verdadeiro paraíso de diversões, jamais visto igual. Aconteciam tiroteios todos os dias, mas quase sempre tratava-se de duelos entre os Texanos que partiam durante o transferimento das boiadas. Um vapor quente, dia e noite saia dos “banhos”, misturando-se com o vapor repleto de odores das cozinhas dos vários restaurantes, o fumo negra das locomotivas e a poeira fina das pradarias levantada por milhares de cascos. Pela primeira vez depois do fim da Guerra Civil, aqui em Abilene, notava-se novamente o contraste norte-sul; para o cowboy nómada do Texas a vida só havia um senso se era absolutamente livre, e para os nortistas, somente se houvesse dinheiro e poder.  Essa convivência entre nortistas e sulistas, provocou mudanças que estenderam-se para as pradarias. Porém o respeito de um para com o outro, e os distritos interessados na economia, tornou-se mais importante em Abilene que em qualquer outro local. Típicos nortistas como “Bear River” Tom Smith, que parava seus concorrentes com os punhos e “Wild Bill” James Butler Hickok, o pistoleiro, eram iguais aos texanos. Em 1867 foram embarcados 35.000 bovinos, em 1868  75.000, em 1869 350.000, em 1870 300.000, em 1871 600.000, e finalmente em 1872 350.000. Ao longo da linha ferroviária que conduzia ao West, nasciam outras cidades como Newtown, Caldwell, Wichita e Dodge City e o caos aumentava. Após aqueles anos loucos, foram feitas coisas impossíveis; bastava ter dinheiro e um bom revólver, sendo assim, a frota de aventureiros seguiu os rastos dos grandes rebanhos para o Oeste e Norte. 

Abilene, Kansas | Estados Unidos da América

Abilene forjou o seu futuro na convicção  de Theodore C. Henry, para o qual a pradaria era a terra ideal para o grão. No período da baixa econômica, após a fartura, seguiu-se o período dos plantadores de grãos, dos fazendeiros, que fizeram do Kansas, o celeiro da América.

Clube Social de Abilene  – A vida mundana dos cidadãos com condições mais elevadas, tinha a sua sede no clube que acolhia somente casais, indicados por 4 cidadãos mais velhos do local. Lá uma vez por semana, aos domingos, os sócios dançavam ao som de valsas no Drover’s Cottage Hotel.

Escolas de Abilene – A primeira escola, construída em 1869 por Mathias Nicolay, era uma construção feita com troncos de árvores e custou 2.500 dólares. Até aquele tempo, a Union Sunday School (Escola do domingo) tinha a sua sede num pequeno hotel perto da estação.

Igrejas de Abilene – Fundação em 1868 da Comunidade Batista, em 1870 da Igreja Lutherana e Universalista; em 1871 da Igreja Metodista, em 1873 da Igreja Presbiteriana e em 1874 da Igreja Católica.

Jornais de Abilene – Do início ao fim da abolição das boiadas, os seguintes jornais noticiaram as mais desvairadas notícias; Abilene Daily, Abilene Democrat, Abilene Gazette, Abilene Monitor, Abilene News, Abilene Reporter, Dickison County Chronicle, Enterprise Journal, Reflector Chronicle e Weekly Reflector.

Moinhos de Abilene – Christian Hoffman construiu a Enterprise Mills em 1869. O primeiro moinho de propriedade do distrito de Abilene, foi colocado em actividade em 1873, os City-Mills em 1879 e os Dickinsons County Mills em 1882.

Prisão de Abilene – A primeira prisão, erguida em 1868, era uma construção calcária, grande 3,50 mts X 3,50 mts.  No mesmo ano foi destruída pela quadrilha Driscill com cordas, para libertar o cozinheiro que lá estava prisioneiro.

Quarteirão da “luz vermelha” em Abilene – As casas de tolerância do West tinham o costume de acender um lampião vermelho quando descia a noite. Esse gesto significava a “disponibilidade”. A primeira casa de tolerância de Abilene em 1867 encontrava-se ao sul da Texas Street, perto da escola. Em 1868 essas “senhoras” emigraram para um acampamento perto da margem do rio Mud Creek e em 1869, foram habitar num quarteirão isolado e cercado, composto de 12 barracas e sua própria administração. “Vale do Pecado” (The Valley of Sin), “Ilha do Diabo” (Devil’s Island), “Inferno do Texas” (Texas Hell) eram os nomes mais pitorescos que designavam este quarteirão, o qual tinha o seu grupo de homens protectores. A mais conhecida “senhora” era conhecida com o nome de “Colombella” e a sua barraca era a “Hattie’s House”. Somente uma vez ao dia das 16:00 às 17:00 horas, podiam ser vistas no centro do quarteirão e dia após dia, durante este desfile de prostitutas pela Texas Street, a rua ficava em polvorosa. Saloons e casas de jogos, como em qualquer lugar do West, era reservado  somente aos homens.

Cyrus Kilgore
Seitas de Abilene – Como primeira seita de colonos que se estabeleceu em Abilene, foi a Illinois Prohibition Society em 1871. Naquele mesmo Outono, surgiu a Tennessee-Colony e ao fim de Setembro a River Brethren, uma seita religiosa muito similar à dos Quackers, composta pela maioria de alemães da Pennsylvania. A influência desta gente trabalhadora e sem pretensões, mudou o carácter das pessoas ao redor, porque se interessavam mais pela agricultura que pela política.

Teatro de Abilene – Também conhecido como Plaza Theatre. Este edifício foi construído em 1868 e servia não só como teatro, mas também para reuniões da comunidade e festas locais.

Tribunal de Abilene – A primeira determinação do juiz Cyrus Kilgore, foi a seguinte: “Nenhum cavalo, mula, asno, ovelha, porco, boi ou qualquer outro animal, poderá vagar dentro da cidade, durante o dia ou noite”. Como resposta, os sarcásticos cowboys conduziam seus rebanhos pela Texas Street, entravam com seus cavalos em saloons, pousadas e armazéns e ficavam sentados nas selas, fazendo-se servir.

Otelo, O Mouro de Veneza | William Shakespeare

Otelo, O Mouro de Veneza | William Shakespeare

Otelo, O Mouro de Veneza | William ShakespeareTítulo: Otelo, O mouro de Veneza
Autor: William Shakespeare
Arquivo: PDF
Tamanho: 173

Baixar (Download)

Resumo
Toda história gira em torno da traição e da inveja. Inicia-se com Iago, alferes de Otelo, tramando com Rodrigo uma forma de contar a Brabâncio, rico senador de Veneza, que sua filha, a gentil Desdêmona, tinha relações íntimas com Otelo. Iago queria vingar-se do general Otelo porque ele promoveu Cássio, jovem soldado florentino e grande intermediário nas relações entre Otelo e Desdêmona, ao posto de tenente. Esse ato deixou Iago muito ofendido, uma vez que acreditava que as promoções deveriam ser obtidas "pelos velhos meios em que herdava sempre o segundo o posto do primeiro" e não por amizades.

Brabâncio, que deixara a filha livre para escolher o marido que mais a agradasse, acreditava que ela escolheria, para seu cônjuge, um homem da classe senatorial ou de semelhante. Ao tomar ciência que sua filha havia fugido para se casar com o Mouro, foi à procura de Otelo matá-lo. No momento em que se encontraram, chegou um comunicado do Doge de Veneza, convocando-os para uma reunião de caráter urgente no senado.

Durante a reunião, Brabâncio, sem provas, acusou o Mouro de ter induzido Desdêmona a casar-se com ele por meio de bruxarias. Otelo, que era general do reino de Veneza e gozava da estima e da confiança do Estado por ser leal, muito corajoso e ter atitudes nobres, fez, em sua defesa, um simples relato da sua história de amor que foi confirmado pela própria Desdêmona. Por isso, e por ser o único capaz de conduzir um exercito no contra-ataque a uma esquadra turca que dirigia-se à ilha de Chipre, Otelo foi inocentado e o casal seguiu para Chipre, em barcos separados, na manhã seguinte.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org

Wells Fargo Co. | USA

Wells Fargo Co. | USA

Wells Fargo Co. | USA

Uma Empresa para transportes rápidos, fundada na Califórnia, em 1852, por Henry Wells e William George Fargo. Ao início servia de terceiros para os transportes, mas depois criou a sua própria Linha de Diligências Postais e comprou outras. Participando de Agências Ferroviárias, de Navegação e Bancárias e tornando-se assim a Agência de Transportes mais importante da América e especialmente do Oeste selvagem.
Wells Fargo Co. | USA
Wells Fargo Co. | USA

Arquivo