Planeta Terra

Planeta Terra

Planeta Terra
O primeiro mundo a ser explorado, do espaço, pelo homem foi a própria Terra. Satélites e sondas lançados desde o final da década de 1950 revelaram novas faces do planeta. Primeiro, proporcionaram a prova definitiva de que o mundo é redondo – uma crença baseada, até então, em indícios observados aqui mesmo da superfície, como a curva do horizonte e a sombra do planeta sobre a Lua durante os eclipses. Em 1993, outra novidade: o satélite francês Stella mediu as variações na força de gravidade terrestre e descobriu que o planeta não é uma esfera perfeita, mas um globo enrugado. A nave Galileu, que partiu em 1989 rumo a Júpiter, sobrevoou a Terra e mostrou ser praticamente impossível captar de longe sinais de vida como gases lançados à atmosfera por organismos vegetais e animais.

Atualmente, o planeta está sob a vigilância de dezenas de satélites que monitoram o ambiente e o clima ininterruptamente. Um dos principais instrumentos é o franco-americano Topex-Poseidon, que desde 1992 acompanha de sua órbita, a 1,3 mil quilômetros de altitude, a circulação de correntes marítimas e mede variações no nível dos mares. Esta primeira geração Topex é sucedida pelos instrumentos do Envisat, desenhados não só para serem um avanço científico mas também para liderarem uma série de serviços de aplicações operacionais. O pequeno satélite Jason-1 é lançado em 7 de dezembro de 2001 para fazer observações altimétricas do oceano de diferentes órbitas. Em fevereiro de 2002, é lançado o Envisat, novo satélite de órbita baixa, que permite uma excelente resolução espacial, necessária para descrever com precisão a distribuição de massas de água.

www.klimanaturali.org