Amônia (NH3), Gás Incolor

Tags

Amônia (NH3), Gás Incolor

Amônia (NH3), Gás Incolor
Amônia é um gás incolor, de fórmula química NH3. Composto bastante solúvel em água, liquefaz-se por processos de resfriamento e compressão, ao alcançar uma temperatura de aproximadamente -33o C.

Conhecida desde a antiguidade, a amônia era empregada sobretudo como fertilizante, originalmente importada do Oriente, onde era obtida por meio da decomposição de fezes de camelo.

A produção industrial da amônia foi idealizada pelo alemão Fritz Haber, durante a primeira guerra mundial, e posteriormente desenvolvida pelo também alemão Carl Bosch. Nesse processo, a amônia é obtida por meio da reação entre nitrogênio e hidrogênio, com liberação de calor. O hidrogênio, que no início era obtido pela eletrólise da água, atualmente é extraído dos hidrocarbonetos de origem petrolífera. O nitrogênio, por sua vez, é obtido a partir do ar atmosférico. Ambos os gases se misturam e são conduzidos através de longas tubulações, que contêm um catalizador de óxido de ferro e são submetidas a temperaturas e pressões elevadas. No interior dessas tubulações tem lugar a reação de formação do produto.

A amônia é bastante empregada como fertilizante, seja aplicando-se o composto diretamente ao terreno, ou sob a forma de nitrato ou sulfato. Na indústria têxtil esse composto participa do processo de obtenção de fibras artificiais, tais como o raiom e o náilon, bem como nas operações de tingimento.

Além disso, a amônia é uma das principais matérias-primas para a síntese de carbonatos e bicarbonatos de sódio, pelo processo denominado Solvay, sendo, também, utilizada na manipulação de cloreto de amônio e na fabricação de papel. Como aplicação metalúrgica cabe citar, a nitrificação de certas ligas metálicas, processo que favorece seu endurecimento.

www.klimanaturali.org