Antimônio (Sb)

Tags

Antimônio (Sb)

Antimônio (Sb)O antimônio (Sb) é um elemento metálico pertencente à família do nitrogênio, encontrado sob diversas formas alotrópicas (estruturas cristalinas diferentes, resultantes de arranjos atômicos espaciais diversos). Encontrado em seu estado nativo em pequenas quantidades, é mais abundante como sulfeto, no minério estibinita (Sb2S3), que tem 72% de antimônio, e em sulfetos metálicos complexos, em menores teores.

Assim como a água, o antimônio ao solidificar-se apresenta uma expansão volumétrica, característica que o torna muito útil como componente de liga durante a moldagem de metais.

Em estado bruto o antimônio é um sólido cristalino, porém friável, de coloração branco-acinzentada e brilho metálico, sendo bom condutor térmico e elétrico. À temperatura ambiente é inerte, e queima quando aquecido em presença de oxigênio seco. É atacado lentamente pelos ácidos clorídrico e sulfúrico concentrados a quente. Entretanto, reage rapidamente com o ácido nítrico diluído, e é prontamente solúvel em água-régia.

É obtido através da ustulação da estibinita, com a formação do óxido de antimônio, que em seguida é decomposto em seus elementos durante tratamento térmico em presença de carbono; ou através da fusão do minério com sucata de ferro. Nesse caso, o ferro se combina com o enxofre liberando o antimônio metálico, o qual, por ser mais denso, se deposita no fundo do forno.

O antimônio é usado em ligas, com o chumbo e o estanho, na fabricação de metal antifricção, sendo amplamente empregado na preparação de placas para baterias, revestimento de cabos e tipos de impressão. Compostos de antimônio são também empregados na indústria da borracha, na fabricação de artefatos à prova de fogo e, como pigmentos, na fabricação de tintas, plásticos e produtos têxteis. Em pequenas quantidades, seus compostos entram na elaboração de produtos farmacêuticos, como expectorantes.

www.klimanaturali.org