Medula Óssea - (Tecido Mielóide)

Tags

Medula Óssea - (Tecido Mielóide)

Medula Óssea - (Tecido Mielóide)

Medula óssea é o tecido (tecido mielóide) gelatinoso e macio que existe nas cavidades ósseas dos animais superiores. Pode ser vermelha ou amarela, dependendo da preponderância de tecido vascular ou gorduroso. No homem, a medula vermelha é um tecido fibroso, delicado e altamente vascularizado, que forma todas as células sangüíneas, com exceção dos linfócitos, que amadurecem nos órgãos linfóides, depois de produzidos na medula.

Vários tipos de imunodeficiências podem ser tratadas com sucesso por meio de transplantes da medula óssea, responsável pela produção das células sangüíneas do organismo, entre as quais as que atuam no combate aos agentes causadores de infecções.

Devido à grande necessidade de formar sangue novo na infância, a medula humana é inteiramente vermelha até os sete anos. Substituída progressivamente por tecido gorduroso, ainda pode ser encontrada na idade adulta nas vértebras, nos ossos da bacia e do peito, nas costelas, no crânio e nas extremidades dos ossos longos de pernas e braços. A medula amarela, cuja principal função é armazenar gordura, está presente nas cavidades centrais dos ossos longos e em ossos esponjosos ou cartilaginosos.

As células reticulares da medula vermelha - eritroblastos, mieloblastos e megacariócitos - formam vários tipos de células sangüíneas, que se precipitam nos sinusóides, veias de paredes finas localizadas no interior de canais existentes nos ossos. No homem, as células sangüíneas e plaquetas param de se desenvolver após deixarem a medula.

www.klimanaturali.org