Calidoscópio ou Caleidoscópio

Calidoscópio ou Caleidoscópio

#Calidoscópio ou CaleidoscópioCalidoscópio é um dispositivo óptico constituído de espelhos que refletem imagens de fragmentos de vidro colorido, em forma geométrica e harmônica, observáveis por meio de um visor. O desenho pode ser infinitamente alterado quando se gira a parte que contém os fragmentos soltos. O nome vem do grego kalos ("belo"), eïdos ("forma") e skopeïn ("observar"). O calidoscópio foi inventado por Sir David Brewster por volta de 1816 e patenteado no ano seguinte. Geralmente usado como brinquedo, é também valioso para desenhistas.

Pela infinidade de imagens simétricas que produz com um simples movimento rotatório, o calidoscópio tornou-se objeto de grande fascínio tanto para crianças quanto para adultos.

O dispositivo baseia-se nas propriedades de formação de imagens de espelhos combinados. Se um objeto é colocado entre dois espelhos em ângulo reto, forma uma imagem em cada espelho. Cada uma dessas imagens é, por sua vez, refletida pelo outro espelho, produzindo-se assim quatro imagens simetricamente dispostas. Se os espelhos estão inclinados a 60o, o objeto se multiplica em seis imagens harmonicamente dispostas, produzindo uma forma hexagonal regular.

Um calidoscópio (caleidoscópio) simples compõe-se de duas lâminas de espelho finas e cuneiformes que se tocam por uma borda comum, ou de uma só folha de alumínio brilhante inclinada a um ângulo de 60o ou 45o. Os espelhos se encontram no interior de um tubo com visor numa extremidade. Na outra extremidade fica uma caixa giratória, estreita e achatada, composta de dois discos de vidro, dos quais o externo é fosco e atua como uma tela de difusão. Nessa caixa encontram-se fragmentos de vidro colorido, ouropel ou contas. Quando a caixa é girada ou batida de leve, os objetos em seu interior assumem um arranjo arbitrário e, quando a tela de difusão se ilumina, a multiplicação sêxtupla ou óctupla cria formas simétricas. O número de combinações e formas é ilimitado.