Por Quem os Sinos Dobram | Ernest Hemingway

Por Quem os Sinos Dobram | Ernest Hemingway

Por Quem os Sinos Dobram | Ernest Hemingway"– Ele é comunista – observou Maria – gente muito séria.
– É comunista?
– Não. Sou antifascista – respondeu Jordan.
– Há muito tempo?
– Desde que compreendi o que era o fascismo.
– E quando foi isso?
– Há uns dez anos.
– Não é lá muito tempo – disse a mulher. – Eu cá sou republicana há vinte anos.
– Meu pai foi republicano a vida inteira – disse Maria – e acabou fuzilado por essa razão...
– Meu pai e também meu avô foram republicanos a vida inteira – declarou Jordan.
– Em que país?
– Estados Unidos.
– E não foram fuzilados?
– Qué va ! – exclamou Maria. – Os Estados Unidos são um país de republicanos. Lá não se fuzila ninguém por ser republicano.
– Em todo caso – tornou a mulher – é uma recomendação ter um avô que foi republicano. Prova de que o sangue é bom.
– Meu avô fazia parte da junta nacional republicana – acrescentou Jordan.
Maria mostrou-se impressionada.
– E seu pai ainda continua ativo na República? – perguntou Pilar.
– Não. Faleceu.
– Pode-se perguntar como?
– Suicidou-se.
– Para não ser torturado?
– Sim – disse Jordan. – Para evitar a tortura.
Maria fitou-o com os olhos marejados.
– Meu pai não conseguiu obter um punhal – tornou ela – e tenho muito gosto em saber que o seu teve a boa sorte de conseguir uma arma."

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org