Carisma e Poder | Leonardo Boff

Carisma e Poder | Leonardo Boff

Carisma e Poder | Leonardo Boff"As manifestações patológicas do catolicismo romano ganharam livre curso com a expulsão de seu seio do pensamento negativo que mantinha viva a consciência da não-identidade. Foi um erro histórico a exclusão do protestantismo porque não se excluiu apenas Lutero, mas se excluiu também a possibilidade da crítica verdadeira, da contestação do sistema em nome do Evangelho. O catolicístico pode se transformar numa ideologia total, reacionária, violenta, repressiva e um dia invocada por conhecidos regimes totalitários instalados em vários países da América Latina. 

Nada mais longe e alheio ao espírito evangélico do que a pretensão do sistema catolicístico de infalibilidade ilimitada, de inquestionabilidade, de certezas absolutas, do que o encapsulamento do cristianismo numa única e exclusiva expressão, do que a incapacidade de reconhecer o Evangelho senão numa única doutrina, numa única liturgia, numa única norma moral e numa única organização eclesiástica. Substitui-se a experiência cristã pela indoutrinação do sistema montado. Vive-se no inferno dos significantes sempre de novo interpretados e reinterpretados ideologicamente para se manterem sempre vigentes, numa cadeia sem fim de interpretações, perdendo-se a referência ao único necessário que é o Evangelho. A fetichização da mediação dentro do catolicismo é responsável pelo seu esclerosamento histórico e pela lentidão em captar os sinais dos tempos e, à luz deles, traduzir e encarnar novamente a mensagem libertadora de Jesus."

www.megatimes.com.br

www.klimanaturali.org