Esperando Godot | Samuel Beckett

Esperando Godot | Samuel Beckett

Esperando Godot | Samuel Beckett" O Menino
Que devo dizer ao senhor Godot, senhor?

Vladimir
Diga a ele... ( Hesita ) Diga que você nos viu. ( Pausa ) Você viu bem a gente, não viu?

O Menino
Vi sim, senhor. ( Recua, hesita, vira-se e sai correndo. Repentinamente baixa a luz. Em um instante, fez-se a noite. A lua aparece, nofundo, sobre o céu, fica parada e envolve a cena de uma claridade prateada. )

Vladimir
Finalmente! ( Estragon se levanta e vai a Vladimir, carregando um sapato em cada mão. Deixa-os no fundo do palco, pára e contempla a lua. ) Que é que você está fazendo?

Estragon
Contemplo a palidez lunar.

Vladimir
Ahn?

Estragon
Pálida de cansaço de subir aos céus e olhar para a nossa espécie.

Vladimir
Eu digo com os sapatos.

Estragon ( volta-se e olha os sapatos )
Vou deixá-los aí. ( Pausa ) Um outro virá, assim como... como... como eu, mas com os pés menores, e esses sapatos o farão feliz.

Vladimir
Mas você não pode andar descalço!

Estragon
Cristo andou.

Vladimir
Cristo! O que é que Cristo tem a ver com isso? Você não pretende se comparar com Cristo!

Estragon
Toda minha vida eu me comparei com ele.

Vladimir
Mas lá onde ele estava era quentinho! Estava seco!

Estragon
É. E eles o crucificaram depressa.

( Silêncio )

Vladimir
Já não temos nada a fazer aqui.

Estragon
Nem em nenhum outro lugar.

Vladimir
Ah, Gogô, não seja assim. Amanhã irá tudo melhor.

Estragon
Como é que você sabe?

Vladimir
Você não ouviu o que o menino disse?

Estragon
Não.

Vladimir
Ele disse que Godot vem amanhã sem falta. ( Pausa ) Isso não lhe diz nada?

Estragon
Então é melhor a gente esperar aqui mesmo."

www.megatimes.com.br

www.klimanaturali.org