Beato Dom André Jacinto Longhin

Beato Dom André Jacinto Longhin

Beato Dom André Jacinto Longhin
(22/11/1863–26/06/1936=72 anos 07 meses 04 dias)
  • Ordenação Sacerdotal = 19/06/1886 = 22anos06meses27dias
  • Ordenação Episcopal = 17/04/1904 = 40anos04meses26dias
ANDRÉ JACINTO LONGHIN nasceu no dia 22 de Novembro de 1863, na localidade de Fiumicello di Campodarsego, Pádua (Itália) e foi batizado com o nome de Jacinto Boaventura. Entrou no Convento dos Capuchinhos em Veneza e vestiu o hábito religioso recebendo o nome de André (1879); depois dos estudos propedêuticos, emitiu os votos da profissão perpétua em 1883, completou os estudos teológicos e foi ordenado Sacerdote em 19 de Junho de 1886.

Em seguida, foi diretor espiritual e professor no seminário dos Capuchinhos em Údine, em Pádua e em Veneza; examinador sinodal do Patriarcado de Veneza; e Superior da Província Veneta. Depois, no dia 17 de Abril de 1904, foi ordenado Bispo residencial de Treviso, dando imediatamente início à visita pastoral da Diocese. Em seguida, entre outras coisas, presidiu a uma peregrinação a Lourdes, assistiu os operários na formação do seu sindicato, promulgou o Sínodo diocesano (o que veio a constituir a sua obra-prima pastoral), celebrou o V Congresso Eucarístico diocesano e presidiu ao I Congresso catequético diocesano.

Tendo sido nomeado Arcebispo Titular de Patrasso a 4 de Outubro de 1928, começou a sentir as primeiras manifestações de arteriosclerose e, em 1935, perdeu totalmente a vista, pondo termo à sua dinâmica atividade pastoral. D. André Jacinto Longhin faleceu serenamente, no dia 26 de Junho de 1936 e, nesse mesmo ano, os seus restos mortais foram transferidos do cemitério da cidade, para a Catedral de Treviso onde, em 1964, foi introduzida a sua causa de beatificação. Depois da declaração das suas virtudes "heróicas", ocorrida em 1998, publicou-se também o Decreto com que se reconhecia o milagre alcançado pela sua intercessão (2000), abrindo definitivamente as portas para a proclamação da sua bem-aventurança celestial.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org
lumepa.blogspot.com

Arquivo