Fiji, Aspectos Gerais de Fiji

Tags

Fiji, Aspectos Geográficos e Socioeconômicos de Fiji

FIJI, ASPECTOS GEOGRÁFICOS E SOCIOECONÔMICOS DE FIJIGeografia: Área: 18.272 km². Hora local: +15h. Clima: tropical. Capital: Suva. Cidades: Suva (69.900), Lautoka (43.900), Nadi (31.500), Labasa (25.100), Nausori (22.600) (2016).

População: 876 mil (2016); nacionalidade: fijiana; composição: fijianos 49%, indianos 46%, outros 5%. Idiomas: fijiano, inglês (oficiais), hindi. Religião: cristianismo 56,8% (protestantes 45,9%, outros 24,2% - dupla filiação 13,3%), hinduísmo 33,3%, islamismo 6,9%, outras 1,8%, sem religião 1,3%.

Relações Exteriores: Organizações: Banco Mundial, Comunidade Britânica, FMI, OMC, ONU. Embaixada: 2233, Wisconsin Avenue NW, suite 240, Washington D.C. 20007, EUA; e-mail: fijiemb@earthlink.net.

Governo: República com forma mista de governo. Div. administrativa: 4 divisões e 1 dependência. Partidos: Unido de Fiji (SDL), Trabalhista de Fiji (FLP), Aliança Conservadora (MV), da Federação Nacional (NFP). Legislativo: bicameral – Casa dos Representantes, com 71 membros; Senado, com 32 membros. Constituição: 1997.

Fiji é um arquipélago do centro-sul da Oceania, formado por nove ilhas maiores e cerca de 300 ilhotas e atóis. O relevo é montanhoso, com solos férteis que permitem o cultivo de cana-de-açúcar – o principal produto de exportação –, coco e gengibre. O clima tropical e as águas claras fazem do turismo importante fonte de renda. O afluxo de visitantes diminui, porém, em virtude de conflitos entre os nativos fijianos (melanésios) e os descendentes de indianos.

Bandeira de FijiHistória de Fiji

O primeiro europeu a explorar as ilhas é o navegador holandês Abel Tasman, em 1643. Em 1874, o arquipélago vira possessão da Coroa Britânica, que introduz a cultura do açúcar e leva milhares de indianos para trabalhar nas plantações. Fiji conquista a independência em 1970.

Tensões étnicas - Em abril de 1987, a coligação do Partido Trabalhista de Fiji (FLP) com o Partido da Federação Nacional (NFP), ligado à comunidade indiana, vence as eleições parlamentares. Timoci Bavadra (FLP) é indicado para a chefia do governo. Em maio, o general Sitiveni Rabuka, vinculado às comunidades fijianas, dá um golpe de Estado e depõe Bavadra. Em setembro, Rabuka dá um segundo golpe e proclama a República. Em 1990 é promulgada uma Constituição, considerada racista pela oposição indiana, pois assegurava aos fijianos a maioria das cadeiras no Parlamento.

Suva, Capital de Fiji
Suva, Capital de Fiji
Em 1997, diante de pressões internacionais, é aprovada nova Constituição, que entra em vigor em 1998. Ela diminui os privilégios dos nativos fijianos. O FLP vence as eleições de 1999, e Mahendra Chaudhry torna-se o primeiro indiano a assumir o posto de primeiro-ministro no país. Em maio de 2000, um grupo armado, liderado por George Speight, ocupa o Parlamento e faz reféns, entre os quais o primeiro-ministro. O Exército intervém, e Chaudhry é demitido. Em junho, Frank Bainimarama dá um golpe militar e depõe o presidente Ratu Sir Kamisese Mara. Speight liberta os reféns em julho. Ratu Josefa Iloilo é nomeado para a Presidência e Laisenia Qarase, para primeiro-ministro. Speight é preso.

Nas eleições legislativas de 2001, o Partido Unido de Fiji (SDL), de Qarase, conquista 32 das 71 cadeiras em disputa. O FLP, de Chaudhry, obtém 27. Qarase forma novo governo com a Aliança Conservadora (MV), de Speight. Em julho de 2003, a Suprema Corte decide que a exclusão do FLP do governo é inconstitucional, mas Qarase e o partido não chegam a acordo. Novo parecer da corte, em julho de 2004, não resolve a questão.

http://www-geografia.blogspot.com.br/