Yersiniose, Doenças Enzoóticas

Tags

Yersiniose, Doenças Enzoóticas

#Yersiniose, Doenças Enzoóticas
As yersinioses são doenças enzoóticas (epidêmicas entre animais) em várias espécies animais como roedores, pássaros, anfíbios, peixes, mariscos e animais domésticos, como o cão, o gato, o boi, a cabra e, principalmente, o porco. São também zoonóticas, pois, podem ser transmitidas dos animais ao homem. São determinadas por enterobactérias do gênero Yersinia, sendo as patogênicas para o homem a Y. pestis (praga), endêmica entre roedores e transmitida ao homem por picadas de pulgas, a Y. enterocolitica (principalmente os serotipos 0:3, o 0:5, o 0:8 e o 0:9) e a Y. pseudotuberculosis. Em vários estudos baseados em exames de fezes diarreicas provocadas por bactérias, as Yersinias apareceram em quarto lugar, sendo somente ultrapassada pelas Salmonellas, pelo Campylobacter e pela Shigella. Os grandes surtos da yersiniose no mundo foram determinados pela contaminação da água, de alimentos, do leite fresco ou mesmo pasteurizado. Na Bélgica, onde culturalmente há grande consumo, a carne de porco contaminada é causa de muitos surtos da doença. Uma linguicinha, um lombinho, um pezinho de porco são acepipes dos deuses, mas, se não houver cuidado com a qualidade do produto, o final pode ser uma fria e pouco confortável cama hospitalar. Até o momento, não foram descritos portadores sãos na disseminação das Yersinias. As incidências maiores de serotipos diferentes na Europa e América do Norte ainda não foi bem explicada, embora sejam possibilidades fatores genéticos populacionais e variedades diferentes das bactérias.

www.klimanaturali.org