Camélia, Planta de Origem Asiática

Camélia, Planta de Origem Asiática

Camélia, Planta de Origem Asiática

Planta de origem asiática, a camélia, deve seu nome a Georg Joseph Kamel, botânico austríaco que no século XVII a introduziu na Europa.

A camélia constitui um grupo de plantas de mais de oitenta espécies diferentes, pertencente à família das teáceas, a mesma do chá-da-índia. Algumas são arbustivas e outras alcançam o tamanho de uma árvore. É muito apreciada pela bela folhagem de cor verde brilhante e pela delicadeza das flores, que podem ser rosadas, brancas ou vermelhas. Algumas espécies são perfumadas, enquanto outras não têm perfume algum.

A camélia mais perfumada é a que se conhece como "rosa-do-Japão" (Camellia japonica) que nos países de clima temperado não passa de um arbusto, mas na Ásia pode alcançar até 15m, tem tronco bem ramificado e a copa arredondada. Outras espécies são: a camélia aromática (C. sasanqua) de flores brancas e perfumadas; a camélia da China (C. sinensis), cultivada no Extremo Oriente; e C. oleifera, da qual se extrai um óleo de essências muito apreciado naquela região. As camélias se reproduzem por meio de sementes, enxertos e estacas. O enxerto e a estaca se fazem introduzindo uma parte viva de uma planta em outra mais jovem.

www.klimanaturali.org