Tâmara (Phoenyx dactylifera)

Tâmara (Phoenyx dactylifera)

#Tâmara (Phoenyx dactylifera)

Tâmara é o fruto da tamareira (Phoenyx dactylifera), que, como todas as palmeiras e coqueiros, pertence à família das palmáceas. Seu caule ou estipe chega a vinte metros de altura e é coroado por um penacho de grandes folhas ou palmas, cada uma com extensão média de cinco metros. A espécie é dióica, ou seja, as flores masculinas e femininas dão em pés separados. Feita a fecundação, quer pelo vento ou outros agentes, quer por meios artificiais, formam-se os cachos de até mil frutos.

A frutificação da tamareira inicia-se entre os seis e os oito anos, atinge o auge em torno dos trinta e eventualmente se prolonga até cem anos ou mais. Todas as partes da planta encontram aplicações práticas. As tâmaras, das quais se extraem bebidas e vinagre, variam muito no tamanho e no aspecto, conforme a variedade e a região, e normalmente são exportadas secas.

A multiplicação feita por caroços dá resultados incertos quanto ao sexo e tipo da futura palmeira; feita por mudas já enraizadas, que se erguem da base do estipe, reproduzem fielmente todas as características da planta-mãe. Egito, Arábia Saudita e Iraque estão entre os grandes exportadores de tâmaras, que também são comuns em países asiáticos como a Índia e Bangladesh.

www.klimanaturali.org