Matriarcado e Patriarcado

Matriarcado e Patriarcado

#Matriarcado e PatriarcadoMatriarcado e patriarcado são sistemas sociais hipotéticos nos quais a autoridade familiar e política é exercida pelas mulheres - matriarcado - ou pelos homens - patriarcado. Os termos perderam curso com o declínio do evolucionismo clássico. No fim do século XX, o consenso entre antropólogos e sociólogos era que uma sociedade estritamente matriarcal nunca existiu, da mesma forma que o patriarcado puro seria um fenômeno raríssimo.

Os termos matriarcado e patriarcado faziam parte da terminologia antropológica no século XIX. Desde então, houve várias tentativas de estudiosos no sentido de aumentar a utilidade desses conceitos, o que levou a várias redefinições de matriarcado, mas nenhuma delas teve plena aceitação.

Sob a influência das teorias evolucionistas de Darwin e, mais particularmente, das ideias expostas pelo suíço Johann Jakob Bachofen na obra Das Mutterrecht (1861; O direito materno), os antropólogos pioneiros Lewis Henry Morgan e Henry Maine desenvolveram a ideia segundo a qual as culturas teriam se desenvolvido ao longo de estágios evolutivos. O matriarcado teria existido depois de um estágio de promiscuidade social e fora substituído, na evolução cultural, pelo patriarcado. Como outros elementos da visão evolucionista da cultura humana, essa teoria nunca foi comprovada.

Matriarcado e matrilinearidade - Segundo o antropólogo britânico Alfred R. Radcliffe-Brown, uma sociedade pode ser denominada matriarcal quando a descendência, a herança e a sucessão se dão pelo lado feminino, o casamento é matrilocal - o marido se transfere para o grupo da esposa - e a autoridade sobre os filhos é exercida pelos parentes da mãe. Alguns autores ligaram a ideia de descendência matrilinear à de matriarcado, mas são sistemas diferentes.

Sistema matrilinear é aquele em que a sucessão se faz pelo lado feminino. Em quase todos os sistemas reais de organização matrilinear, porém, a autoridade é exercida pelos homens. Assim, a autoridade formal sobre um homem pode ser exercida pelo irmão de sua mãe, e a herança e sucessão se dão a partir de um homem para o filho de sua irmã.

Patriarcado e sistema patriarcalA palavra patriarcado foi inicialmente usada para referir-se ao tipo de família em que o pai ou um herdeiro masculino de sua escolha exercia o domínio da família. O valor antropológico que Sir Henry James Sumner Maine e Lewis Henry Morgan deram ao termo foi destruído na década de 1950, quando se afirmou que o tirano patriarcal das tribos primitivas era uma especulação sem fundamento do século XIX.

Sistema patriarcal, segundo Radcliffe-Brown, é como se denomina uma sociedade em que a descendência é patrilinear (os filhos pertencem ao grupo do pai), o casamento é patrilocal (a esposa passa para o grupo do marido), a herança (de propriedade) e a sucessão se dão pelo lado masculino e a família é patripotestal. Estudiosos afirmaram, porém, que o sistema patriarcal definido como aquele em que há domínio absoluto do homem é raríssimo.

O patriarcalismo também foi definido como qualquer sociedade em que o sexo feminino se acha em condição inferior. Os psicanalistas, inclusive Sigmund Freud e Alfred Ernest Jones, empregaram o termo patriarcal, mas não procuraram defini-lo, preferindo usar a imagem do século XIX.

www.klimanaturali.org