Intemperismo | Os Tipos de Intemperismo

Intemperismo | Os Tipos de Intemperismo

Intemperismo | Os Tipos de Intemperismo

O intemperismo consiste no conjunto de processos físicos, químicos e biológicos que provoca o desgaste das rochas ao longo do tempo. O intemperismo físico consiste na quebra mecânica das rochas, que se despedaçam em fragmentos um pouco menores ou até em pequenos grãos, que chamamos de sedimentos. Essa quebra é chamada de desagregação, que pode ser causada por alterações climáticas, pela água das chuvas, pelos ventos e até pelo gelo, entre outros inúmeros fatores. O intemperismo químico é a dissolução das rochas ou a alteração química dos minerais que fazem parte delas. Esse processo é geralmente causado pela água, que se mistura com materiais orgânicos, reage com o gás carbônico e forma uma substância ácida que dissolve as rochas. Já o intemperismo biológico consiste na quebra ou dissolução das rochas realizadas por seres vivos, geralmente pequenos insetos ou micro-organismos. Esse é considerado como o menos importante, pois gera poucos impactos à superfície terrestre.

Tipos de Intemperismo

Intemperismo Químico
O intemperismo químico é aquele onde existe uma alteração da estrutura química das rochas, transformando um elemento da rocha original em outro, como em uma reação química.

O principal agente do intemperismo químico é a água. Através de seu contato com outros elementos da natureza, como o ar ou a matéria orgânica, a água adquire propriedades capazes de reagir com os elementos constituintes de uma rocha, a alterando quimicamente. A água pode agir, por exemplo, dissolvendo carbonatos ou transformando feldspatos e micas em argila

 Intemperismo físico
O intemperismo físico consiste na desagregação mecânica dos elementos que constituem a rocha, sem que haja alteração de sua estrutura química. Geralmente este tipo de intemperismo ocorre relacionado às variações de temperatura do ambiente. O aumento da temperatura causa dilatação dos minerais que compõem a rocha, enquanto que sua diminuição causa compressão. Já que o coeficiente de dilatação dos elementos componentes das rochas são diferentes, há a ocorrência de microfraturas que, além de tornarem a rocha mais frágil, permitem a intrusão de elementos como água e sal.

Intemperismo Biológico
O intemperismo biológico ocorre quando os processos físicos ou químicos de intemperização são condicionados por um ser vivo. É muito comum pela ação de bactérias ou de fungos que, ao se incrustarem na superfície externa de rochas, ou em suas fraturas, liberam substâncias que alteram a composição química original do elemento. Também acontece quando raízes de árvores, em seu processo de crescimento, fraturam uma rocha com o intuito de ocupar seu lugar.

This Is The Newest Post