Neopentecostalismo no Brasil

Neopentecostalismo no Brasil

Neopentecostalismo no Brasil
Vertente do cristianismo formada por grupos autônomos que extrapolam as tradições pentecostais clássicas. As igrejas dessa corrente têm origem no pentecostalismo e, por isso, incorporam concepções e práticas típicas desse movimento, com destaque para a vivência íntima dos fiéis com o Espírito Santo e o forte tom emotivo dos cultos. Outra característica do neopentecostalismo é a presença marcante na mídia, que cria uma relação individualizada dos adeptos com a propaganda da fé. Também há grande ênfase nos ritos de exorcismo e cura, quase sempre o marco da conversão do fiel a uma determinada igreja neopentecostal. A expulsão do demônio é enfatizada como a garantia de uma vida bem-sucedida e feliz. Por fim, o eixo que articula todas essas práticas é a Teologia da Prosperidade. Desenvolvida nos Estados Unidos (EUA), na década de 1970, assegura que o sucesso e a felicidade devem ser alcançados nesta vida por meio da fé. Esta se confirma pelas doações de bens e dinheiro à igreja. Encabeçado pela Igreja Universal do Reino de Deus, o neopentecostalismo, ao lado do pentecostalismo, é a vertente cristã que mais cresce no Brasil. As igrejas neopentecostais instalam-se no país na segunda metade da década de 1970. Fundadas por brasileiros, a Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra (Goiás, 1976), a Universal do Reino de Deus (Rio de Janeiro, 1977), a Internacional da Graça de Deus (Rio de Janeiro, 1980) e a Renascer em Cristo (São Paulo, 1986) estão entre as principais. Atualmente, de acordo com o sociólogo Ricardo Mariano, autor do livro Neopentecostais, Sociologia do Novo Pentecostalismo no Brasil, o neopentecostalimo expande-se principalmente entre os mais pobres e os menos escolarizados. No Brasil, o crescimento vertiginoso dos cristãos independentes está associado ao uso intensivo da mídia eletrônica e ao método empresarial de funcionamento. Por causa de sua grande ascensão em todo o mundo no século XX, o fenômeno já é considerado por alguns a maior revolução do cristianismo depois de Lutero.

Igreja Universal do Reino de Deus – Fundada por Edir Macedo, em 1977, é a principal igreja neopentecostal brasileira e a que mais cresce no país. Após as reuniões, caracterizadas por muito canto, os pastores (obreiros) ouvem as queixas dos fiéis. Segundo o Censo de 2000, há 2,1 milhões de adeptos da Igreja Universal no país.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org

lumepa.blogspot.com

Arquivo