Jogos de Lutas

Tags

Jogos de Lutas

Jogos de LutasEmbora já estivesse incluída nos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna, apenas em 1912 a luta passa a contar com um órgão controlador, a Federação Internacional de Luta Amadora (Fila), com sede em Paris. As regras estabelecidas pela Fila são utilizadas em todas as competições: Olimpíadas, Jogos Pan-Americanos, campeonatos mundiais e torneios internacionais. No Brasil, o esporte é dirigido pela Confederação Brasileira de Lutas Associadas (CBLA). A principal competição de lutas, organizada pela Fila, é o Campeonato Mundial, disputado anualmente, exceto nos anos em que há Jogos Olímpicos.

Regras – Combate corpo a corpo, sem armas, entre dois atletas, que usam de força e destreza para aplicar golpes a fim de subjugar o adversário. A luta é usada desde tempos remotos como método de preparação de guerreiros no Egito e na Ásia. Chega depois à Grécia e passa a fazer parte dos Jogos Olímpicos da Antiguidade.

Nas Olimpíadas, disputam-se dois tipos de luta: a livre e a greco-romana. Praticada com o peito nu, a luta livre permite o uso das pernas, além dos membros superiores, para a aplicação de golpes pelos competidores.

A luta greco-romana é inspirada nas primeiras lutas das Olimpíadas gregas antigas. Permite apenas a aplicação de golpes no adversário da cintura para cima, sem o uso das pernas nem agarrões abaixo da linha da cintura.

Olimpíadas – Tanto na luta livre quanto na greco-romana, existem, a partir de 2002, sete categorias, divididas por peso. Galo (até 55 kg); pena (até 60 kg); leve (até 66 kg); médio (até 74 kg); meio-pesado (até 84 kg); pesado (até 96 kg); e superpesado (até 120 kg). Anteriormente eram oito categorias. Há três juízes, dos quais apenas um, o mediador, fica no tablado. A área de combate é um tapete quadrado de 8 m de lado com no máximo 10 cm de espessura, situado no centro de uma plataforma de 12 por 12 m e de 0,90 a 1,10 m de altura. As lutas duram dois rounds de 3 minutos, com intervalo de 1 minuto entre eles. Vence o atleta que primeiro encostar totalmente as costas do adversário no chão. Caso isso não aconteça, ganha aquele que conseguir 3 pontos técnicos diferentes ou que tiver uma vantagem de 10 pontos em relação ao oponente. O golpe de chão (girar o adversário sobre os ombros dele, sem encostar as costas no chão) vale 2 pontos; o de média amplitude (projetar o adversário a uma altura média do chão) vale 3; o golpe de grande amplitude (pegar o adversário pela frente ou por trás para projetá-lo para trás, por cima dos ombros), 5 pontos. Havendo empate, faz-se uma prorrogação de 3 minutos. Quem conseguir o primeiro ponto técnico vence. Em caso de novo empate, a arbitragem decide quem é o ganhador.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org
lumepa.blogspot.com

Arquivo