Igreja Ortodoxa no Brasil

Igreja Ortodoxa no Brasil

Igreja Ortodoxa no Brasil
Templo Ortodoxo em São Paulo
Os cristãos ortodoxos estão separados dos católicos apostólicos romanos desde 1054 e se mantêm ligados à tradição dos primeiros séculos do cristianismo. Os ortodoxos não admitem o conceito de infalibilidade do papa, autorizam o divórcio entre os fiéis e permitem a ordenação entre homens casados. Apenas os bispos são celibatários. Sua chegada ao Brasil está ligada à imigração de árabes cristãos, russos, gregos, armênios, romenos e ucranianos, iniciada no começo do século XX. Em 1903, a colônia sírio-libanesa funda em São Paulo a primeira Igreja Ortodoxa do Brasil. Atualmente, os cristãos ortodoxos estão mais concentrados nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Paraná. Segundo o Censo de 2010, há 54 mil ortodoxos no país.

www.klimanaturali.org