Aeromodelismo - Esporte com Aviões em Miniatura

Tags

Aeromodelismo - Esporte com Aviões em Miniatura 

#Aeromodelismo - Esporte com Aviões em Miniatura Chama-se Aeromodelismo o esporte que se pratica com aviões em miniatura. Alguns modelos assemelham-se a um planador em suas partes essenciais: fuselagem, empenagem vertical, timão de deriva e estabilizador. Os de tipo motorizado são movidos por um grupo autopropulsor composto de motor, hélice e trem de pouso.

Quando o inglês William Henson construiu um  aeromodelo dotado de duas hélices e movido por uma máquina a vapor, em 1843, não imaginava ter executado um protótipo  com as características fundamentais do avião moderno. A prática do aeromodelismo favoreceu o desenvolvimento das técnicas de voo empregadas até hoje.

O primeiro modelo a voar livremente foi criado na França por Alphonse Pénaud em 1871, depois de profundos estudos sobre o voo dinâmico e testes com helicópteros. Seus experimentos foram aproveitados por inúmeros adeptos do aeromodelismo. Em 1896, o professor americano Langley realizou um voo controlado sobre o rio Potomac usando um modelo de 14kg que percorreu 12km em 1min40s.

Em 1905, Henri e Armand Dufax construíram um modelo de helicóptero com motor à gasolina de 3,5 HP, com peso de 17kg e capaz de transportar uma carga de sete quilos. O experimento impressionou Santos Dumont, que abandonou a construção de pequenos dirigíveis e passou a pesquisar com aeronaves mais pesadas que o ar. Quando ele efetuou um voo com aeroplano a motor em Paris, em outubro de 1906, ficou clara a importância da prática do aeromodelismo para a incipiente navegação aérea.

As primeiras experiências com foguetes de propulsão a jato foram feitas pelo pintor Alexandre Soldenhoff, suíço que se dedicou intensamente ao aeromodelismo desde 1908. Soldenhoff realizou grande quantidade de voos em diferentes países, aplicando princípios originais, a que chegou depois de estudar em profundidade a asa.

As competições de aeromodelismo organizam-se por categoria, de acordo com o tipo de controle do aparelho. Na modalidade rádio-controle realizam-se dois tipos de prova: a primeira é de acrobacias e a outra de escala, na qual sai vencedor o modelo que seja a réplica mais fiel de um avião verdadeiro e execute manobras de decolagem e pouso. Os modelos a cabo não precisam assemelhar-se a aviões. Competem também fazendo acrobacias e provas de velocidade.

O aeromodelismo no Brasil é regulamentado pela Associação Brasileira de Aeromodelismo (ABA). A habilitação para a prática do esporte requer o brevê concedido após certo número de voos e a observação de normas  de segurança, como não voar a mais de 120m de altura ou dentro de aeroportos. A atividade é muito difundida, principalmente entre jovens, e constitui uma boa preparação para futuros pilotos de avião ou planador.

www.klimanaturali.org