Pera (Pyrus communis)

Pera (Pyrus communis)

#Pera (Pyrus communis)
Fruta importante dos climas temperados, a pera só é superada pela maçã em expressão econômica nessas regiões. Quase dez séculos antes de Cristo, Homero a menciona entre as espécies do pomar de Alcino, rei dos feácios, o que indica ter sido conhecida dos gregos antigos.

Pera é o fruto da pereira, árvore originária da Europa e da Ásia, que se propaga por enxertia e é cultivada em milhares de variedades, a maioria descendente da espécie Pyrus communis. Como outras espécies da família das rosáceas, entre elas a maçã, o pêssego e a ameixa, a pera depende de bastante frio no inverno para produzir a contento. No Brasil o cultivo da pera é feito com sucesso na região Sul e, em escala modesta, em áreas acima de 600m de altitude no Espírito Santo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A chamada pera-d'água destaca-se entre as variedades que se aclimatam bem às serras do Sudeste.

A pereira começa a frutificar com três ou quatro anos e continua a produzir até cerca de trinta anos. O florescimento, no Brasil, ocorre em agosto e setembro, ao passo que a maturação das frutas se conclui em fevereiro e março. Plantada em espaçamentos de sete por sete metros  ou, no caso de variedades de porte ereto, de quatro por quatro metros, a pereira é conduzida por uma poda inicial de formação que lhe dá forma de taça, e por sucessivas podas anuais, que visam a provocar novas bifurcações dos galhos. Os dois tipos de poda se fazem durante o repouso vegetativo de inverno, quando a árvore está completamente sem folhas.

www.klimanaturali.org