Rio Colúmbia - Canadá/Estados Unidos

Rio Colúmbia - Canadá/Estados Unidos

Rio Colúmbia - Canadá/Estados Unidos

Pelos vales das montanhas do oeste do Canadá e do noroeste dos Estados Unidos corre um dos mais longos e caudalosos rios da América do Norte, o Colúmbia, responsável pela geração de grande parte da energia elétrica produzida no continente.

O rio Colúmbia nasce nas montanhas Rochosas da Colúmbia Britânica. Em seus 1.959km de extensão, no sentido sul, atravessa essa província canadense, cruza a fronteira dos Estados Unidos e corta o estado de Washington, margeando a cordilheira das Cascatas (Cascade Range). A partir da cidade de Pasco, toma a direção oeste. Nesse longo trajeto, serve de fronteira entre os estados de Washington e Oregon, banha a cidade de Portland e desemboca no oceano Pacífico, perto de Astória, Oregon.

A bacia do Colúmbia drena uma superfície de 668.000km2. Seus principais afluentes são o Kootenay, o Snake, o Pend Oreille, o Okanogan e o Yakima. É um rio muito caudaloso, apenas superado na América do Norte pelo Mississippi, o Mackenzie e o São Lourenço. O regime fluvial é do tipo pluvionival.

O Colúmbia foi descoberto em 1792 pelo comerciante e aventureiro americano Robert Gray. Entre 1807 e 1811, a Companhia de Peles do Noroeste explorou todo o rio, que se tornou a grande via de comunicação do território, conduzindo comerciantes de peles e os primeiros imigrantes. Essa situação durou até 1887, quando se concluiu a ferrovia entre Tacoma e Puget Sound.

A abundância do salmão em suas águas era conhecida desde o início do século XIX, e na década de 1880 o Colúmbia abastecia os mercados de todo o mundo. A partir de meados do século XX, porém, a poluição e a construção de barragens reduziram drasticamente a fauna ictiológica do rio. Até a década de 1980 haviam sido construídas onze represas, entre as quais as gigantescas barragens de Grand Coulee e Bonneville. Essas obras de engenharia regulam o curso do rio e servem à irrigação de terras e à geração de energia elétrica.

www.klimanaturali.org