sábado, 18 de março de 2017

Canal da Mancha, França e Reino Unido

Canal da Mancha, França e Reino Unido

Canal da Mancha, França e Reino UnidoO Canal da Mancha é um mar estreito que separa a França do Reino Unido, no oceano Atlântico. Com superfície de 75.000km2, abre-se para o oceano a oeste, onde sua largura chega a 180km, e comunica-se com o mar do Norte, a leste, pelo estreito de Calais (Pas-de-Calais) ou estreito de Dover. A profundidade varia de 120m na porção ocidental até 45m na oriental. Resultante de um complexo processo de dobramento ocorrido durante o período terciário, há quarenta milhões de anos, o canal apresenta fundo arenoso, mais plano a oeste do que a leste.
 
Inicialmente fator de isolamento das ilhas britânicas com relação ao continente europeu, o canal da Mancha tornou-se nos séculos XIX e XX uma das principais vias de comunicação entre a França e a Grã-Bretanha, especialmente após a inauguração do Eurotúnel em 1994.

Canal da Mancha, França e Reino UnidoA tradicional indústria pesqueira declinou ao longo do século XX como conseqüência do progresso da pesca em águas profundas, da exaustão dos recursos e da poluição. O bom clima da região, associado à beleza das praias, estimulou o turismo nos dois lados do canal, inicialmente nos elegantes balneários do final do século XVIII. Os portos mais importantes do canal da Mancha são os de Portsmouth, Plymouth e Southampton, no Reino Unido, e Havre, Boulogne-sur-Mer e Calais, na França.

Até a década de 1980, o intenso tráfego de carga e de passageiros entre a França e a Grã-Bretanha contava apenas com linhas aéreas e barcas que cruzam o canal. A idéia de construir um túnel entre os dois países data de 1802, mas problemas políticos e econômicos obstruíram a realização do projeto ao longo dos séculos XIX e XX. Finalmente, em 1987, iniciou-se a construção do túnel, concluído sete anos depois. O Eurotúnel, como passou a ser chamado, liga Calais, na França, a Folkstone, no Reino Unido.

Geografia Total