Rio Madeira, Estados de Rondônia e Amazonas

Rio Madeira, Estados de Rondônia e Amazonas
Rio Madeira, Estados de Rondônia e Amazonas
Rio Madeira - Rondônia
O Rio Madeira é o maior tributário do Rio Amazonas, terceiro rio do país em extensão e um dos mais volumosos do mundo, o Madeira banha algumas das regiões mais férteis do Brasil.

O Rio Madeira nasce nas proximidades da localidade de Abunã, em Porto Velho, capital de Rondônia, pela junção dos rios Beni e Mamoré, ambos procedentes da Bolívia. Em seu curso de 3.370km, percorre os estados de Rondônia e Amazonas. Passa pelas alturas dos municípios de Humaitá, Manicoré e Borba e desemboca na margem direita do Amazonas, pouco acima da cidade de Itacoatiara, nas vizinhanças da ilha Grande. Apesar da grande extensão, só é navegável num percurso total de 1.500km, que vai da foz até a cachoeira de Santo Antônio, em Porto Velho.

O rio tem largura média de dois a oito quilômetros; na altura da foz, a largura é de 4.800m. Os afluentes mais importantes do Madeira são, no estado do Amazonas, o Marmelos, o Roosevelt e o Canunã, todos pela margem direita; e no estado de Rondônia, o Jaciparaná, o Jamari e o Jiparaná, também chamado Machado.

Nas regiões banhadas pelo rio Madeira estão localizadas as aldeias dos índios jenharins, caripunas e muras. Como os demais rios amazônicos, abriga em suas margens grande variedade de fauna e flora. Muito piscoso e ainda livre dos problemas de poluição das áreas mais industrializadas, constitui-se em importante fonte de alimento para a população da região. Tem também grande potencial hidráulico e apresenta em seu curso superior muitas cachoeiras.

www.klimanaturali.org