Arsênio (As)

Tags

Arsênio (As)

#Arsênio (As)O arsênio (As) é um elemento químico de transição entre os metais e ametais típicos. Em seu estado natural, acompanha vários minérios de antimônio e prata nos veios de rochas cristalinas e nos xistos.
Os efeitos tóxicos e muitas vezes letais do arsênio, já descritos por Dioscórides no século I, foram a causa de grande número de envenenamentos ao longo da história.

Seus principais minérios são: o ouro-pigmento (As2S3), às vezes cristalizado no sistema ortorrômbico e geralmente em massas laminares, de cor amarelo-ouro e brilho entre nacarado e resinoso; o realgar (bissulfeto de arsênio, As2S2), cristalizado no sistema monoclínico, de cor vermelha e brilho resinoso; o mispíquel ou arsenopirita, de cor branca prateada e brilho metálico. No Brasil, encontra-se o mispíquel associado às piritas nas jazidas de ouro do estado de Minas Gerais.

PropriedadesO arsênio apresenta-se em vários estados alotrópicos, originados por diferentes configurações cristalinas. A forma cinzenta ou de coloração metálica é frágil, pouco solúvel e estável somente em temperaturas inferiores a 615o C. Condutor de eletricidade, cristaliza-se no sistema hexagonal. A variedade de cor amarela é formada a partir do resfriamento dos vapores de arsênio, a 0o C. Nesse estado, o elemento é instável, de cristalização cúbica, e tende a se transformar na variedade cinza.

Em sua forma mais estável, o arsênio aproxima-se quimicamente do fósforo. Em contato com o ar seco e na temperatura ordinária, não se altera; ao ar úmido, oxida-se; queima a 180o C, com chama azulada, produzindo óxido arsenioso (As2O3); é atacado pelos ácidos oxidantes; ataca os sistemas catalíticos sólidos, envenenando-os; seus compostos são tóxicos, especialmente os solúveis e os voláteis. Os principais sintomas de envenenamento por arsênio são náusea, vômito, diarréia, dores musculares, pulso fraco e coma.

Aplicações No comércio, o mais importante derivado do arsênio é o óxido arsenioso (As2O3), conhecido como "arsênio branco", muito empregado na fabricação de inseticidas e produtos destinados à exterminação de ervas daninhas e ratos. O arsênio inorgânico é receitado contra anemia, reumatismo etc., e seus compostos orgânicos contra a sífilis e a doença do sono.

Na indústria, o arsênio também é usado como clarificador do vidro, como mordente na impressão dos tecidos de algodão, na obtenção do verde-de-scheele e do verde-de-schweinfurth, pigmentos vivos mas tóxicos. O arseniato ácido de potássio, obtido por aquecimento de uma mistura de anidrido arsenioso com nitrato de potássio, é usado na conservação de peles. O  realgar é empregado na pintura de quadros e na obtenção de fogos brancos. O amarelo-real das tintas a óleo é o trissulfeto de arsênio.

www.klimanaturali.org