Galvez, O Imperador do Acre | Márcio Souza

Galvez, O Imperador do Acre | Márcio Souza

Galvez, O Imperador do Acre | Márcio Souza"O golpe de Estado teve início às nove horas da noite, com o desembarque das tropas contra-revolucionárias. Burlamaqui organizou uma aproximação rápida do Palácio e no caminho ia recolhendo os bêbedos e desgarrados que eram amarrados e amontoados no trapiche. Em frente ao Palácio, os contra-revolucionários postaram-se a descoberto e avançaram quando Burlamaqui gritou "abaixo o can-can". Os Inconfidentes abriram fogo e muitos homens de Burlamaqui tombaram mortos. Houve um início de pânico e quase uma debandada, não fosse a irritação de Burlamaqui que começou a gritar e a reunir os homens nas imediações do trapiche. Dentro do Palácio alguns pensaram que era o novo século que chegava na salva de foguetes e gritavam saudações absurdas."

www.megatimes.com.br

www.klimanaturali.org