Nado Sincronizado nos Jogos Olímpicos

Tags

Nado Sincronizado nos Jogos Olímpicos

Nado Sincronizado nos Jogos Olímpicos
Esporte organizado no mundo pela Federação Internacional de Natação (Fina) e no Brasil pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

Olimpíadas – Esporte olímpico disputado somente por mulheres, em que as atletas executam uma série de exercícios físicos, acompanhados por música, dentro de uma piscina.

Origem - Sua origem é relativamente recente. Começa oficialmente como esporte de competição em 1953, no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, mas já em 1955 constava do programa dos Jogos Pan-Americanos. O nado sincronizado passa a fazer parte das Olimpíadas em 1984, em Los Angeles.

Justificar
Regras – As nadadoras apresentam-se em um quadrado de 12 m por 12 m com 3 m de profundidade, dentro de uma piscina, na qual são instalados alto-falantes subaquáticos para permitir a elas ouvir as músicas de acompanhamento. Há exercícios obrigatórios e de rotina, nos quais as atletas podem realizar movimentos livres. Cada nadadora recebe notas de 0 a 10 de um grupo de juízes em todos os exercícios. As posições básicas são: delfim (uma volta completa sob a água), flamenco (uma perna elevada sobre a água e a outra levada ao peito), grua (as pernas formam um ângulo reto e a cabeça fica sob a água), carpa (cabeça para baixo e corpo formando um ângulo de 90 graus) e perna de balé (de costas, uma perna levantada perpendicularmente à superfície.

www.megatimes.com.br
www.klimanaturali.org
lumepa.blogspot.com

Arquivo