Império Austro-Húngaro

Império Austro-Húngaro

Império Austro-Húngaro
O Império Austro-Húngaro foi estabelecido em 1867, com a união da Áustria e da Hungria em uma Monarquia dual. Surge em conseqüência das agitações nacionalistas que esfacelam o então Império Austríaco, comandado pelos Habsburgo. Segundo o acordo assinado, os dois países são Estados separados, com constituições, línguas, governos e Parlamentos diferentes. Os magiares comandam a Hungria, enquanto alemães controlam a Áustria. São unidos por um único monarca e por ministros comuns para assuntos estrangeiros, guerra e finanças.

Na prática, a monarquia dual não demora a se mostrar restrita. O direito a voto é exclusivo das classes mais altas. Os ministros se reportam diretamente ao imperador, que, em caso de emergência, tem o poder de governar sem o Parlamento. Apesar do controle magiar e alemão, o Império ainda abriga grupos de outras nacionalidades – tchecos, poloneses, ucranianos, eslovacos, sérvios, romênios, croatas, eslovenos e italianos – que se sentem excluídos do processo político. Os conflitos étnicos prosseguem durante as décadas de 1870 e 1880 e se agravam com o aumento do anti-semitismo na Áustria. A fim de garantir suas posses na península balcânica, os Habsburgo adotam uma política de amizade com o recém-criado Império alemão.

O Império Austro-Húngaro se compromete a não intervir nos assuntos internos alemães e em troca recebe a ajuda da Alemanha para limitar a influência russa no sudoeste europeu. Em 1879, a Alemanha e o Império Austro-Húngaro assinam uma aliança formal. Em 1882, com a entrada da Itália, cria-se a Tríplice Aliança. Em 1908, a Áustria anexa duas províncias que pertencem à Sérvia. Apoiados pelos russos, os sérvios protestam e a guerra só é evitada por causa do apoio alemão ao Império. Os conflitos de fronteira continuam e, em 28 de junho de 1914, o herdeiro do trono austro-húngaro, arquiduque Francisco Ferdinando, e sua esposa são assassinados em Sarajevo, capital da Bósnia-Herzegovina, por um nacionalista sérvio. O incidente desencadeia a I Guerra Mundial. Em novembro de 1918, o governo húngaro anuncia a separação da Áustria. Com o fim da guerra, nesse mesmo ano, o Império é totalmente dividido.

http://www-storia.blogspot.com/