Rio Mosa na Europa

Rio Mosa na Europa

Rio Mosa na EuropaO Rio Mosa (Meuse em francês, Maes em flamengo, Maas em holandês) nasce em Pouilly, no planalto de Langres, na França, atravessa a Bélgica e a Holanda  (Países Baixos) e desemboca no mar do Norte, após um percurso de 950km. No território francês, o rio cavou um vale profundo entre Saint-Mihiel e Verdun, que se estreita em Charleville-Mézières e atravessa o planalto das Ardenas por uma garganta muito estreita.

O vale do Mosa forma uma barreira natural que já teve grande importância estratégica. Durante a segunda guerra mundial, a travessia do Mosa pelos alemães, em maio de 1940, representou o rompimento da linha de defesa da França e a entrada das tropas nazistas.

Em Givet o rio entra na Bélgica e prossegue até Namur, onde recebe, pela margem esquerda, seu maior tributário, o Sambre. Dirige-se para Liège e torna-se a partir daí uma importante via navegável, no centro de uma área densamente povoada e industrializada. Volta-se para o norte e de Maastricht, nos Países Baixos, a Maaseik, na Bélgica, serve de fronteira natural entre os dois países. Na cidade holandesa de Venlo alcança o nível do mar e divide-se em dois braços. Um deles desemboca no canal Hollandsch, escoadouro do mar do Norte, e o outro junta-se ao rio Waal, canal do Reno, para formar o Merwede.

www.klimanaturali.org